Competência, trata-se de um diferencial, um elemento que agrega valor, tornando-o desejado pelas empresas. Algumas procuram por profissionais com tais competências já desenvolvidas, porém, outras, preferem investir na formação de seus funcionários moldando-os à sua visão, expectativa e cultura.

Indiferente da opção da empresa em buscar alguém já experiente ou um aprendiz para moldá-lo aos seus objetivos, ambas buscam basicamente as mesmas competências. Vamos a elas:

 

Comprometimento: o profissional deve trabalhar com prazer, com consciência da necessidade do seu trabalho. Sempre que puder, fazer mais do que se espera dele. Deve buscar crescer como ser humano, desenvolvendo e aperfeiçoando para atingir a excelência no desempenho de suas tarefas. Para que isso aconteça, é essencial que seja pontual, que cumpra sua jornada de trabalho e apresente os resultados esperados.

 

Trabalho em equipe: É reconhecidamente uma habilidade bastante complicada, pois envolve o aceite de ideias e posicionamentos muitas vezes divergentes, porém, é essencial que demonstre atitudes de respeito, valorização, cooperação e parceria.

 

Proatividade: Muito se valoriza o colaborador que possui facilidade para resolução de problemas, capacidade de fazer escolhas consistentes e apropriadas, aquele que se antecipa ao problema com facilidade para decidir e agir com espontaneidade e diligência independentemente das situações apresentadas. Faz sugestões para a melhoria do ambiente de trabalho, apresenta segurança, é assertivo, toma iniciativa visando a si e ao grupo.

 

Adequação Social: Identificar os diferentes ambientes e comportar-se de maneira adequada e alinhada diante das diferenças sociais, econômicas e culturais. Reconhecer a importância das normas e regras da empresa e segui-las. Usar vestuário adequado ao ambiente de trabalho. Desenvolver-se de forma pessoal para que possa naturalmente respeitar a diversidade cultural.

 

Habilidade de Comunicação: Expor claramente suas ideias e opiniões, identificar e respeitar os diferentes estilos de comunicação. Argumentar com coesão e ser coerente tanto na fala quanto na escrita. Sintetizar um recado de forma clara e objetiva, manter sigilo das informações a que tiver acesso.

 

Conhecimento Técnico: Aplicar o seu conhecimento com habilidade. Gerir o tempo de forma a obter sucesso no desempenho das atividades, usar bem as metodologias e técnicas indicadas para a execução das tarefas, utilizando os meios adequados.

 

Fonte: Administradores

 

Imagem: Bigstock by kasto