Tag Archives: Trabalho

A importância da pontualidade para o crescimento profissional

Qual a importância da pontualidade para alcançarmos novas oportunidades no trabalho?  Bem, particularmente eu não conheço ninguém que tenha alçado uma grande carreira tendo a fama de estar sempre atrasado para seus compromissos. A pontualidade é um pré-requisito para alçar novos voos em direção ao nosso desenvolvimento profissional.

Alguns fazem do atraso um hábito. Quando o despertador do celular toca, indicando o horário de levantar, pressionam a função “Soneca” repetidas vezes, até perceberem que estão no limite (ou um pouco além dele) do horário para sair da cama. Então, tomam banho correndo, saem de casa desesperados e no caminho para o trabalho não param de olhar para o relógio, como se pudessem desacelerar o tempo.

Ao chegar atrasado mais uma vez, aquele profissional encontrará mais uma desculpa: a chuva, o trânsito, alguém que ele teve que socorrer, uma pequena batida no carro ou sabe-se lá o quê. Imprevistos acontecem e atrasos também, mas quem os transforma em um hábito, terá menos chance de alcançar novos postos e novas conquistas em sua carreira.

A pontualidade é uma forma de expressar a importância que cada compromisso tem para você, assim como o respeito que você tem pelas pessoas que estão envolvidas com o que será realizado. Ser pontual demonstra sua atitude em cumprir o que foi combinado, e assim, inspira nos demais a confiança que depositarão em tarefas e objetivos atribuídos a você. Ser pontual demonstra sua capacidade de gerenciar o próprio tempo, e por consequência, a aptidão de gerenciar equipes e projetos.

Em resumo, pessoas pontuais acabam tendo muito mais oportunidades na vida, porque ninguém quer delegar responsabilidades e cargos para quem sempre tem uma desculpa (seja ela verdadeira ou não).

 

Garanta sua pontualidade com um transporte fretado. Acesse nosso site e conheça nossos serviços: www.jumboturismo.com.br

 

Fonte: Maurício Louzada

 

Imagem: Bigstock by BodnarPhoto

Como falar melhor em público?

O maior medo do ser humano é falar em público. Exatamente. Nada de morrer ou baratas, mas estar em um palco sendo o foco da atenção e precisando falar com outras pessoas. Porém, falar em público não precisa ser esse desafio e, para melhorar esse receio, algumas dicas simples podem ajudar.

 

TREINE, TREINE E TREINE

Se falar em público é a sua grande dificuldade, não tem outro jeito: é preciso treinar. Pratique em frente ao espelho, com amigos ou até mesmo com um gravador. A ideia é que você se acostume a falar e corrija eventuais erros. Sempre que possível, peça para alguém assistir. Assim, além de apontar em que você está falhando, você se acostuma a ter outras pessoas te observando enquanto você se apresenta.

 

BUSQUE NATURALIDADE

Pense que falar em público é uma conversa. Como você se comporta em uma conversa? Tente agir o mais similar a isso possível. Não se trata de ser informal ou despojado, mas apenas manter as coisas em um tom de conversa. Se você em cara o “falar em público” como mais uma conversação, fica muito mais fácil de falar.

 

CONHEÇA O SEU PÚBLICO

Saber com quem você vai falar ajuda na preparação e na forma como se portar. Inclusive, é possível antecipar o tipo de reação e o comportamento desse público. Ao fazer isso, você já sabe se pode, por exemplo, ser mais descontraído. Sinta o público, aproveite suas reações para ir ajustando a sua fala. Assim, você encontra a melhor maneira de atingi-lo e se apresentar bem, algo que vai aos poucos construindo sua confiança.

 

COLOQUE A SUA ENERGIA NISSO

O principal problema ao se falar em público é que muitas vezes direcionamos a nossa energia no medo de falhar ou no fato de acharmos que estão nos julgando mal enquanto a verdade é que deveríamos concentrar o foco apenas em… falar! O público reage bem a quem fala com energia e paixão.

 

NÃO TENHA MEDO DE RECEBER FEEDBAKCS

Inclusive, peça por eles! Saber o que as pessoas acharam e quais pontos é preciso melhorar ajuda em muito na construção de apresentações melhores. Busque não encarar os pontos levantados como julgamento, mas sim como algo construtivo a se levar em consideração.

 

Fonte: Universia

 

Imagem: Bigstock by kasto

Melhore a qualidade de vida na sua empresa

Ter uma boa qualidade de vida no trabalho significa uma força de trabalho mais saudável física e psicologicamente, o que possibilita ganhos também para a empresa, em termos de aumento de produtividade e qualidade de seus produtos e serviços.

Se você concorda com essa premissa e deseja propiciar melhor qualidade de vida a seus colaboradores, aqui estão cinco ações que podem ser realizadas e que vão ao encontro desse objetivo:

 

1 – Capacitar as lideranças: a empresa, ao promover um funcionário para um cargo gerencial, muitas vezes perde um excelente técnico, que poderia ser classificado como nota dez, e ganha um gerente nota um. O que significa que esse profissional, inicialmente, pode demonstrar falta de habilidade ao exercer sua função, criando sob seu comando um grupo de indivíduos apáticos, desmotivados ou, em outro extremo, pessoas indignadas e revoltadas com a falta de competência da liderança. Perde-se em qualidade de vida e em produtividade.

 

2 – Dar feedback: as pessoas querem crescer profissionalmente e, nesse aspecto, o feedback contínuo é essencial e serve como um guia para mostrar ao funcionário se ele está ou não no caminho certo. Isso faz com que ele se sinta bem orientado e seguro de que está na direção desejada pela chefia, melhore sua autoestima e tenha segurança no que faz.

 

3 – Reconhecimento: valorizar um trabalho bem-feito, parabenizar, elogiar. O ser humano gosta e se motiva quando recebe elogios. Entretanto, o que se vê na prática é o contrário, ou seja, profissionais que são criticados em público por suas falhas e raramente elogiados pelo bom trabalho realizado. Fica a dica: elogie em público, sempre que um funcionário fizer um bom trabalho. Reconheça, parabenize. Se tiver de criticar, faça-o em particular, jamais em público.

 

4 – Condições de trabalho: propiciar um ambiente físico com mobiliário, conforto térmico, acústica e iluminação adequados. São fatores que não levam à motivação, mas que, em muitos casos, são fontes de severa insatisfação, o que faz diminuir a qualidade de vida e a produtividade da empresa.

 

5 – Horário de trabalho: fazer cumprir rigorosamente o horário de entrada, de alimentação e de saída. As pessoas tendem a ser desorganizadas e, com isso, trabalham durante o horário em que deveriam descansar e se alimentar. Exija das pessoas mais planejamento e mais organização para a realização das tarefas. Isso fará com que elas trabalhem com mais qualidade de vida e façam mais, melhor e mais rápido.

 

Fonte: Exame – Alexandre Rangel

 

Imagem: Bigstock by 4 PM production

5 aplicativos para organizar de uma vez sua rotina de trabalho e estudos

 

Você tem sentido que o volume de tarefas do seu dia a dia está aumentando? E o número de post-it com anotações também não para de crescer? Se organização e foco não são seu forte, a dica é apelar para os aplicativos que auxiliam no gerenciamento dos afazeres. Abaixo, segue uma lista com esses recursos que prometem deixar sua rotina mais produtiva.

 

Todoist

É uma ferramenta que gerencia listas de tarefas que podem ser organizadas pela data limite de entrega ou pelo tipo de projeto. O recurso ainda conta com lembretes por geolocalização, que avisa você sobre determinada tarefa quando você chegar em um local específico.

Disponível para Windows,  Android, iOS e pode ser instalado como extensão para Google Chrome e Mozilla Firefox.

 

Wunderlist

Além de organizar suas tarefas, o Wunderlist permite também delegar as obrigações para outras pessoas e organizar grandes projetos.

Disponível para Android, iOS e Windows Phone.

 

HabitBull

A proposta do HabitBull é registrar e acompanhar o progresso de qualquer hábito que registrarmos, seja bom ou mal. É possível visualizar gráficos com a evolução de tudo que fazemos a cada dia, receber alertas e exportar dados. A ferramenta dispara lembretes, que buscam auxiliá-lo na produtividade do dia a dia.

Disponível para Android e iOS.

 

Selfcontrol

Este é um programa ideal para quem se deixa distrair facilmente pelas redes sociais enquanto trabalha ou estuda. O app de código aberto para Mac OS X (10.5 ou superior) permite que o usuário bloqueie o seu próprio acesso a sites que o distraia, servidores de e-mails, ou qualquer outra página da Internet.

Disponível para Mac OS X (10.5 ou superior).

 

Pomodoro Challenge

O aplicativo auxilia o usuário a administrar melhor o seu tempo e a acompanhar a sua produtividade. Com o rastreamento do desempenho, a ferramenta é capaz de identificar em quais dias da semana o usuário é mais produtivo.

Disponível para Android.

 

Fonte: Catraca Livre

 

Imagem: Bigstock by notice44

 

 

Excesso de trabalho nem sempre é positivo

Ir além das expectativas é um requisito muito buscado tanto por empresas quanto pelos próprios gestores e líderes – e mais do que recomendado. Porém, há vezes em que o “esforço-extra” vai além do recomendado e se transforma em algo negativo.

Trabalhar a mais quando a demanda é muito grande ou quando tem algo importante acontecendo/para acontecer é normal, porém, é preciso estar atento se isso não está se tornando parte da sua rotina. Se sim, é hora de acionar o alerta vermelho. Fazer hora extra todos os dias não é normal.

Não adianta, porém, não fazer hora extra, mas constantemente levar trabalho para casa. Além de causar estresse e cansar mais, isso faz com que eventuais conflitos passem a surgir e acaba por gerar impactos negativos na sua vida social, algo que, a longo prazo, acabará por refletir também no trabalho.

A dica aqui é antiga, porém, verdadeira: busque o equilíbrio. Quando for muito necessário, leve o trabalho para casa ou faça horas extras, porém, tome cuidado para não transformar o que deveria ser algo eventual em um hábito. Saiba balancear a sua vida profissional com a pessoal. Não adianta ir muito bem no emprego e abandonar a vida social, não é?

O “esforço extra” é positivo quando feito com cuidado e quando há necessidade. Lembre-se de que você não é apenas o seu trabalho e que outras áreas da sua vida também precisam de um “esforcinho” a mais de vez em quando.

 

Fonte: Universia

 

Imagem: Bigstock by fizkes

 

Desigualdade de gêneros no trabalho: como as empresas podem ajudar a mudar esse cenário

 

A desigualdade de gêneros, especialmente dentro das empresas, é um dos temas mais debatidos atualmente. Cada vez mais cobra-se que existam políticas que estimulem a diversidade e a igualdade no trabalho, mas ainda assim há muito a ser feito.

Como a sua empresa pode ajudar a mudar esse cenário? O primeiro passo é incluir o debate na sua empresa. É difícil conquistar algo que não tem espaço para o diálogo. Criar simpósios, workshops ou até mesmo reuniões para falar deste e outros temas necessário é uma forma de fazer com que a questão chegue aos funcionários e eles pensem a respeito.

Seja a mudança que você quer ver. A frase pode ser um tanto clichê, mas é verdadeira: não adianta falar a respeito e continuar de braços cruzados. Tome atitudes para romper estereótipos de gênero – contratar mais mulheres para áreas consideradas “masculinas” é um bom começo – e promover a participação feminina no ambiente de trabalho.

Se a ideia é conseguir igualdade de gêneros na empresa, o primeiro passo é… Ter mulheres. Avalie se a sua equipe é balanceada quando o assunto é gênero e, sempre que possível, busque abrir processos seletivos que busquem diversificar. Tenha em mente que o importante é contratar alguém capaz e competente, independentemente do gênero.

Uma mudança efetiva só acontece com posicionamento. E se posicionar é algo cada vez mais necessário, especialmente para empresas. Leve a questão da igualdade de gêneros para a cultura do seu empreendimento, junto a outros temas necessários, como a diversidade. A ideia é que isso realmente saia do papel e passe a fazer parte do dia a dia das pessoas.

 

Fonte: Universia

 

Imagem: Bigstock by theodor38

 

 

Fatores que podem interferir na produtividade de um colaborador

Aumente a produtividade de seus colaboradores se atentando o que pode interferir na produtividade deles:

 

Problemas de relacionamento na equipe: discordâncias e clima de competitividade podem afetar diretamente o rendimento dos profissionais. É preciso manter o monitoramento constante do andamento das relações na equipe.

 

Procrastinação (falta de foco)

Não são somente as redes sociais e os smartphones os culpados pela procrastinação diante de tarefas com prazos urgentes. A desmotivação e a baixa auto estima podem ser causas diretas do não-cumprimento de prazos.

 

Salários baixos

Se o profissional sentir que seu trabalho não está sendo valorizado financeiramente, seu rendimento é afetado.

 

Poucas horas de sono

Problemas na hora de dormir podem afetar não somente a produtividade, mas também a saúde do profissional. Se não há horas suficientes ou local apropriado para uma boa noite de sono, o rendimento certamente irá cair.

 

Pouco tempo para projetos pessoais (estudos, lazer) diários

O tempo passado fora da empresa é precioso para o profissional aperfeiçoar seus estudos, seus conhecimentos, praticar hobbies e relaxar. Ao se dar conta que esse tempo não existe, crescem os sentimentos de frustração e cansaço em relação ao emprego.

 

Desgaste e cansaço gerados pela condução até o trabalho

Ao acordar e perceber que vai enfrentar longas horas de desconforto, o profissional se sente desmotivado a continuar seu dia, que já começa com a tensão de enfrentar um ônibus lotado ou no trânsito dentro do seu carro, sabendo que está pagando caro por aquilo.

 

Fonte: Fretadão

 

Imagem: Bigstock by stokkete

 

5 dicas para aproveitar o máximo de suas férias

Vai sair de férias? Está ansioso para aproveitar o máximo dela? Confira 5 dicas simples para usufruir do seu descanso e voltar ao trabalho renovado

 

1 – SE POSSÍVEL, DIVIDA

Caso a sua empresa permita isso, peça para que as suas férias sejam dividas em duas partes. Cada uma deve ser separada por mais ou menos seis meses, e deve ser no mínimo 10 dias. Isso acontece porque longas férias, geralmente de um mês, podem mais prejudicar do que realmente fazer com que você descanse. Além do mais, descansar duas vezes em um período de um ano é muito mais efetivo do que descansar somente uma vez. Muitos profissionais dizem que, depois de duas semanas, eles já se sentem dispostos para voltar ao trabalho.

 

2 – TENHA UM ITINERÁRIO FLEXÍVEL

Algumas pessoas, antes mesmo de começarem as suas férias, já possuem todos os dias de planejados. Não há problema algum em pensar com antecedência, porém, não esqueça que esses dias são para descansar, e não para se estressar. Caso as coisas saiam do controle, não deixe isso estragar as suas férias. Aprenda a se adaptar às situações.

 

3 – FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOS

O princípio básico das férias é que você “recarregue as baterias” e esteja pronto para mais alguns meses de trabalho ou estudo. Você deve se sentir renovado tanto fisicamente, como mentalmente. Para ajudar com isso, os exercícios físicos são ótimas atividades. Os especialistas recomendam natação, mas até mesmo andar um pouco todos os dias aumentará muito a sua disposição e você se sentirá mais leve.

 

4 – NÃO IGNORE O SEU CANSAÇO

Dependendo dos seus planos para as férias, você pode ficar mais cansado do que antes. Se você deseja viajar, é importante que você aproveite uns dias antes e depois da viagem para realmente descansar. Fique na sua cidade, aproveite para dormir até mais tarde e ler um livro.

 

5 – MANTENHA UMA DISTÂNCIA SEGURA

Para boa parte das pessoas, as férias são um momento em que você se desliga totalmente do trabalho, ou dos estudos. Entretanto, para alguns, ficar totalmente alheio do que está acontecendo na empresa pode ser uma tortura. Portanto, se você não se sente bem ficando tão distante, cheque o seu e-mail profissional a cada três dias, ou pergunte para os colegas como andam as coisas. Porém, mantenha uma distância segura: evite ao máximo fazer qualquer tipo de trabalho durante o seu descanso.

 

Fonte: Universia

 

Imagem: Bigstock by bakharev

 

Mensagem do dia

Acesse nosso site e conheça nossos serviços:

www.jumboturismo.com.br

 

Imagem: Bigstock by World Image

 

 

 

4 dicas para melhorar seu desempenho no trabalho

Ter um bom desempenho no trabalho é a meta de grande parte dos profissionais, já que sempre buscam progredir e serem bem vistos na empresa em que são contratados. Por isso, é importante sempre encontrar formas de melhorar e, consequentemente, destacar-se dentro daquele ambiente. Para que você consiga melhorar o seu desempenho profissional em 2016, confira as dicas:

 

1 – Cuide da mente

O trabalho pode ser muito estressante em determinados momentos, mas você não pode permitir que isso afete o seu desempenho. Sempre que tiver tempo, pratique exercícios físicos ou medite, com a finalidade de relaxar a mente. Você se sentirá muito mais preparado para enfrentar os problemas do dia a dia se estiver descansado.

 

2 – Estabeleça limites

Quando você entende quais são os seus limites, torna-se muito mais fácil realizar o trabalho diário. É importante que você se respeite, sempre dando o seu melhor, mas dentro da sua capacidade. Tente sempre melhorar, mas de uma maneira que não prejudique a sua saúde.

 

3 – Visualize seu sucesso

É preciso acreditar que você conseguirá alcançar o sucesso profissional. Quanto mais você visualizar essa realidade, maiores as chances de você realmente alcançá-la. Seja positivo e dê o seu melhor para o trabalho. Assim você perceberá que os bons resultados virão.

 

4 – Comece bem o dia

Se você acordar já de mau humor, provavelmente não terá um bom dia e isso refletirá diretamente no seu desempenho no trabalho. Por isso, tente sempre levantar bem-humorado e ver sempre o lado positivo das situações. Alimente-se bem e busque sempre potencializar sua paz de espírito no período da manhã. Você perceberá que nos dias que estiver bem consigo mesmo terá resultados muito melhores no trabalho.

 

Fonte: Universia

 Imagem: Bigstock by GaudiLab

 

NÃO ACHOU O QUE PROCURA OU AINDA TEM DÚVIDAS SOBRE OS NOSSOS SERVIÇOS?

entre em contato com nossa equipe, um consultor vai te ajudar!